A história do móbile

mobiles

Entre os elementos essenciais para a decoração do quarto do bebê, considero o móbile como prioridade. E quando estava planejando o quartinho do Benício, o móbile estava no topo da minha lista, o problema era que eu não conseguia decidir por nenhum modelo específico. Eu queria algo simples, masculino, que tivesse essa essência infantil e mas que nada, que fosse algo totalmente único, inédito… e claro, se pudesse ser feito com nossas mãos, seria muitíssimo melhor!

Não sou nenhuma expert em desenvolvimento cognitivo, blá, blá, blá, isso deixo pra minha amiga Flávia que é uma excelente psicóloga. O que sei, pela minha experiência como mãe e agora do terceiro filho, é que bebê adora um badulaque, eles fixam o olhar e ficam entretidos com qualquer coisa pendurada ao redor deles…

Nessa busca por algo especial, pesquisei muito, e sim encontrei vários que me agradaram, mas o click veio quando minha amiga-artista-biônica-genial Sara, (que muitos já conhecem) me disse: –Dé, porque você não usa as figuras que brilham no escuro, do livro sobre o espaço da Lalá?

Quando ela disse isso, nesse instante no meu cérebro piscaram milhões de estrelinhas e eu fiquei extasiada de tanta felicidade!!! Pra mim, era a ideia mais sensacional do mundo inteiro, e ela tinha tudo, tudo a ver com o quartinho do nosso menino.

MOBILEBEN

Como aqui em casa todo mundo é aguniado. Comentei a ideia da Sara pro marido e na mesmíssima hora lá estava ele com alicate, estilete, arame, nylon e muita disposição. (Eu sei, eu sei, ganhei na loteria com esse marido!)

Torce arame daqui e dali. Furinhos feitos com a ponta do estilete. Amarra os fios. Arrasta berço, fura o teto e amarra o treco. Para e admira… Ficou perfeito! Amei e não quero nunca me desfazer dele, quero guardar pra sempre!!!

Nem preciso dizer que Ben também amou! Fica lá olhando as figurinhas girando suavemente… ele ri, bate os pés e solta gritos de alegria… é um momento mágico que adoça meu dia!

MobileNight

Pra finalizar, deixo aqui algumas das lindas ideias que encontrei pela web, a maioria fácil e simples de executar. Por se acaso você esteja decorando o quarto do seu bebê e estiver indecisa, assim como eu estive, em que modelo de móbile usar…  Num gaste muito com isso não! Bobagem! Arregace as mangas e faça algo especial pro seu filhote!!!

mobiles_ideias

Reciclando o Giz de cera

Já faz algum tempo que guardo numa pasta do Pinterest um passo a passo de como reciclar giz de cera… mas nunca coloquei em prática (como a grande maioria das coisas que pineamos, fala verdade? rs).

Semana passada minha amiga Renata, que tem o blog Cantando de Gallo, se aventurou no passo a passo, postou o resultado e acabou me deixando com a mão coçando de vontade de testar também. Aqui em casa giz de cera já deixou de fazer sucesso a pelo menos uns 2 ou 3 anos… mas eu tinha bem guardadinha uma lata cheinha de toquinhos (cá pra nós: eles quebram demais!!!).

Captura de Tela 2014-02-24 às 15.42.29Não tem segredo.

  • Você separa os gizes por cores.
  • Coloca em forminhas de silicone (dessas de fazer cupcakes e que podem ir ao forno)
  • Leve ao forno por uns 10 minutos ou até derreter completamente.

Agora o ideal seria apenas tirar do forno e esperar esfriar para desenformar… Mas como eu queria em formatos de estrelas e coração, fiz como minha amiga Renata e com muito cuidado, peguei as formas com o líquido derretido e despejei nas forminhas de gelo, esperei esfriar e desenformei.

O problema foi que as minhas forminhas mancharam muito e não poderei mais usá-las para gelo ou qualquer outra coisa culinária, foi o único porém. Mas Lalá adorou o resultado… e agora os gizes que estavam esquecidos, voltaram a fazer sucesso por aqui!

foto 1Nos sites Chinês www.aliexpress.com e www.dx.com, você encontra uma variedade incrível de forminhas de silicone e a maioria com frete grátis, vale a pena conferir!

Diário do Ben

foto 5Sempre fiz questão de ter o livro do bebê, gosto de registrar os momentos marcantes da vida dos meus filhos, me faz ficar mais atenta ao desenvolvimento deles. Quando escrevo, fico imaginando eles grandes se deliciando com essas doces memórias…

O livro do Benício foi a primeira coisa que comprei pra ele. Arrisquei comprar num site alemão e deu muito certo (Pleased To Meetclique aqui), mas eu já falei disso pra vocês, p que eu não falei é que o livro não é bem um livro, é um diário. No princípio tem umas páginas onde vc faz a árvore genealógica, fala sobre o que acontecia no mundo, registra o tamanho do pé e da mão, etc. mas depois… são centenas de páginas totalmente em branco, pra vc escrever a história do seu bebê. Sei que para muitas pode parecer estranho… mas eu amei quando vi aquelas páginas em branco. Já fiquei sonhando, escrevendo tudo que eu quiser, e enfeitando e colando mil futrecos!!! (Me fez lembrar os milhões de diários que tive e que nunca mais pude fazer.)

Comprei vários cacarecos nos sites chinês e já juntei todos eles e coloquei a mão na massa! O marido até me deu uma caneta linda de presente, pra me incentivar! rsrs

Agora basta estar de olho aberto e caneta na mão a cada momento mágico, a cada novidade… pra que eu possa, nos anos que se seguem, registrar nessas páginas a doce infância que nosso menino terá.

foto 2

Os “durex” estampadinhos, são Washi Tape - fitinhas de papel de arroz, delicadas e muito usadas em scrapbook. Existe uma infinidade de cores e estampas… A maioria delas são transparentes, e te permite fazer sobreposições, e como são de papel, você consegue escrever facilmente sobre elas. Esses comprei no ETSY, que foi onde também achei milhões de adesivinhos fofos…
foto 3

Caixa (de brinquedos) Bacalhau

cxBacalhau_3

Era época de Páscoa, e fui ao supermercado com o marido e encontramos essa caixa linda jogada no estacionamento… sem incomodar com o cheiro forte, jogamos a belezura no porta malas do carro, sem saber ao certo o que iríamos fazer com ela.
Chegando em casa tirei uma foto e postei do instagram… e eis que uma amiga de cara perguntou:

–Você vai fazer a “mesa bacalhau”, né?

Eu não fazia a menor ideia do que ela estava falando, mas ela logo foi me explicando do que se tratava. A “mesa bacalhau” é uma mesa de centro feita com essas caixas… já saiu em blogs, revistas… e procurando achei no Elo7 pra vender, uma já prontinha te custa R$360, e num é que custa cara a bendita!

Aqui em casa, por causa do excesso de filhos e sobrinhos e agregados (rsrs), ainda não aderimos à mesa de centro… Gosto de deixar a sala livre pra que eles possam brincar, se esticar no chão, arrastar sofá pra jogar XBox, etc. Então a ideia de fazer a mesa de centro, ficou arquivada… enquanto isso, já lavada, a caixa foi parar no sol dia após dia. (ô bacalhauzinho encruado!)

cxBacalhau_1

Quando engravidei, numa dessas noites de insônia sonhando com a nova criatura, tive a ideia de usar a caixa como “Caixa de brinquedos”. Quase acordei o marido pra dizer pra ele que já sabia o que iríamos fazer com nosso ‘achado’, mas resisti.

E nos dias que seguiram, Lucas pôs a mão na massa e caprichou pra deixar a caixona do jeito que eu tinha sonhado.

Precisei de:

Agora tá aí, cumprindo sua função de guardar os brinquedinhos do nosso Ben.

Vocês também gostaram? Eu amei o resultado!!!

cxBacalhau_4

7049_569885089750253_1879202888_nSempre que fico grávida, morro de ansiedade… fico dias, meses, sem conseguir dormir direito, pensando… pensando…

Sendo nosso terceiro filho, já era pra ter me acostumado… que nada! Ainda mais quando descobri que seria um menino, meu mundo virou de cabeça pra baixo. Um ME-NI-NO??? Como se cria menino? Como se veste menino? Quarto de menino??? Ahhh, é tudo diferente, é um mundo novo pra mim…

De tanto pensar decidi: quero um quarto simples, nada clichê, muito masculino e bem funcional.

As coisas foram surgindo aos poucos, algumas planejadas, outras improvisadas, algumas recicladas, outras compradas… e o resultado final é esse que você pode conferir.  

Desfrutem! Porque o Benício já está deitando e rolando, e aproveitando cada cantinho…

996659_569884966416932_1310825189_n 1441484_569884909750271_999251111_n 1457726_569885246416904_1544427884_nEm algumas horinhas eu ia conhecer o rostinho dele… por isso a emoção!

1459076_569884893083606_1935189439_n

Agradeço especialmente ao meu marido Lucas, que se dedicou por completo pintando, lixando, parafusando, indo e vindo aqui e ali comigo… sem ele, jamais teria conseguido chegar a esse resultado. Também à minha amiga Sara, que desenhou com gis, esse painel genial, dando vida e muita personalidade ao quartinho. E como sempre, agradeço a minha cunhis Liz, pelos belos clicks!

Pra fazer uma “piñata”

Meses e meses depois…

Vou contar como fiz a famosa piñata do aniversário da Laura. Primeiro de tudo: procurei um vídeo no YouTube pra ver como que faz (segue abaixo o vídeo que eu assisti com um passo a passo detalhado) e daí fui atrás dos “ingredientes”, rsrs.

pinhata_1

Marido enchendo o bexigão, Lalá e os jornais (não usamos tudo isso, um tantinho é suficiente), e dá-le picar jornal.

pinhata_2

Já com a bolota pronta, colando os cones de cartulinas e os papeis de seda. (obrigada por me super ajudar cunhis!)
pinhata_3 A criançada delirou…

Dale! Dale! Dale! No pierdas el tino. Porque si lo pierdes, pierdes el camino… Dale! Dale! Dale! Dale no le dio… quítenle la venda porque sigo yo!

pinhata_4Quando estoura a farra é ainda maior… Não esqueça de preparar bolsinhas para a criançada colocar os docinhos que elas conseguirem juntar.

Piñata é um costume mexicano para festas de aniversários, ela é o auge do evento… é diversão garantida!

Festejemos do início

image

As amigas se juntaram e estão organizando o chá do Ben. Hoje vi o convite e me apaixonei… Olha que sacada da Sara (minha amiga super designer, publicitária, costureira, artista, etc e tal) Essa brincadeira com as palavras, com a letra B… Aaah foi demais!!! Adoreeei. Me sinto privilegiada por estar rodeada de amigas talentosas.

Mas já pedi pra elas: não me contem nada, nada! Quero surpresa… Mas confesso que estou morrendo de curiosidade… E vcs?